Logo_NA_Verde_2013  

 

 
     
  a   a   a   a   a   a   a   a   a   a  
                             
 

Elêusis 

 

Toda a existência grega estava indissociavelmente ligada à celebração dos mistérios de Elêusis.
Karl Kerényi

Há coisas santas que não se comunicam a todos ao mesmo tempo. Elêusis sempre oculta algo para mostrar ao que voltam.
Séneca,
Questiones naturales VII, 30,6

 

triptolemusOs mistérios de Elêusis foram, sem dúvida, os mais famosos da Grécia antiga. Com origem no 2º milénio a. C. – há disso evidências arqueológicas – este santuário situa-se a cerca de 19 kms de Atenas, próximo do mar. Foi miticamente instituído pela deusa Deméter que revelou (ou desvelou) estes mistérios, em primeira mão, a Triptólemo (o que muito se esforça ou o triplo guerreiro, triplo lavrador) depois de reencontrar a sua filha Perséfone que tinha sido raptada por Plutão, deus dos infernos, quando ela estava no campo a recolher um narciso. Depois do rapto, Deméter, deusa que propicia a fecundidade da Terra fez com que esta se tornasse completamente estéril enquanto não reencontrasse a sua filha amada. Depois de muitas provações e com a ajuda do Sol e da Lua conseguiu finalmente reavê-la dos infernos, porém como Perséfone, antes de voltar à Terra tragou uma romã no reino de Plutão, ficou condicionada a regressar cerca de um terço do ano ao hades, espécie de inferno grego. O seu périplo cíclico pelo reino de Plutão e pela Terra é um símbolo dos mistérios cíclicos da natureza (quando reaparece na Terra a tudo começa a germinar) e também do grande enigma da demanda de Psykhé, a alma humana, ao encontro de Eros, o seu amado perdido (Nous, o espírito celeste). Demanda cíclica através das sucessivas estadas no mundo celeste (o reino natural da alma segundo Platão) e no mundo terrestre das provações, que por vezes se torna um verdadeiro inferno.

Segundo madame Blavatsky os mistérios na Grécia foram instituídos por Orfeu que os trouxe da Índia. Assim, Deméter estaria relacionada com o aspecto feminino de Axieros, Pérsefone com Axiokersa e Plutão com Axiokersos.

Os mistérios menores de Elêusis – ritos de purificação e preparação - eram celebrados em Fevereiro e os mistérios maiores eram realizados em Setembro no âmbito de uma programa de 9 dias. Culminavam com a grande noite dos mistérios, sobre a qual nada se sabe, em efectivo, devido ao segredo que os iniciados guardaram zelosamente durante dois milénios. Este ritual secreto realizava-se no Teleustério edificado no século de Péricles por Ictino, o arquitecto do Partenon.

Do mesmo modo que o cristianismo nascente recebeu muita influência do platonismo, neoplatonismo e estoicismo, encontramos frases cristãs do Novo Testamento que recordam a essência simbólica dos Mistérios de Deméter e Perséfone em Elêusis, onde os mistérios agrários tinham uma relação simbólica profunda com os mistérios da iniciação da Psykhé, da morte e ressurreição (em reminiscência) da alma humana que se «recorda» e se alia ao seu esposo divino Nous:

 

Se o grão de trigo cai na terra e não morre, não dá fruto. Mas se morre, dá muito fruto.

(João, 12, 24.)

Como ressuscitam os mortos? Em que corpo virão? Néscio, o que semeias não vivifica se não morre anteriormente. E o que semeias não é o corpo que há de sair mas somente a semente, seja ela de trigo ou de outra espécie (…)

(Paulo, I Coríntios, 15, 35-38)

Feliz aquele que de entre os homens que vivem sobre a terra chegou a contemplá-los [os mistérios de Elêusis fundados por Deméter]! Pois, o não iniciado nestes ritos, aquele que não participa deles, nunca terá um destino semelhante, sobretudo quando morto baixa às trevas sombrias.

Hino homérico A Deméter, sec VII a.C.(480-482)

 

 

Paulo Alexandre Loução
Investigador e Escritor

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
  Nova Acrópole  
  imagem  
  CURSO FILOSOFIA PRÁTICA
A Sabedoria Viva das Antigas Civilizações
 
   
  Vide Programa do Curso  
 

  ACTIVIDADES n.a. EM PORTUGAL  
 

a

 
  Aveiro  
  Braga  
  Coimbra  
  Lisboa  
  Oeiras-Cascais  
  Porto  
   
  Notícias  
     

  NOVA ACRÓPOLE INTERNACIONAL  

  Anuários  
  Resoluções da Assembleia Geral  
     
  Perguntas Frequentes  
   
     
  Nova Acrópole Internacional  
     

SITES N.A. EM PORTUGAL

Porto
Coimbra
Aveiro
Braga
 

  outros cursos  

   
  Arte de Falar em Público  
  Cursos de Matemática e
Geometria Sagradas
 
  Florais de Bach  
  Outros Cursos  
     

  REVISTA ACRÓPOLE  

   
     

  NOVIDADES EDITORIAIS  

  TÍTULOS PUBLICADOS  
   
 

 
© Nova Acrópole 2009 | Optimizado para monitor 1024X800 | Mapa do site | Webmaster