No dia 13 de janeiro, a Nova Acrópole de Lisboa visitou pela segunda vez o “seu” troço do Rio Mourão, adoptado no âmbito do Projeto Rios.

Depois de uma primeira investida épica, em setembro, na qual se desenterraram resíduos de grande porte provenientes de uma cheia de há 18 anos atrás e se conheceram “os cantos” do rio, nesta segunda oportunidade foi tempo de limpeza ao pormenor. Entre outros resíduos, destaque para as toalhitas, indevidamente atiradas para as sanitas e encontradas às dezenas presas nas silvas e nos galhos das margens, arrastadas pelo caudal de inverno.
Foi ainda possível constatar a diferença notória num local de despejo automático, sinalizado pelo grupo aquando da primeira visita, depois da investigação e intervenção da Câmara Municipal de Sintra, que tem sido atenta e sempre presente desde o início da adopção.
O cenário idílico composto pelas cascatas e pelo sol de inverno foi palco do almoço pic-nic partilhado.
Para a próxima visita o grupo já terá o seu Kit Projeto Rios de investigação, pelo que começará a recolha de dados que farão parte da análise científica a nível nacional.
Veja todas as fotografias aqui.