A água da chuva que absorve a terra e brota nas montanhas tem um caminho previsível no nascimento. Desce como um riacho e forma rios e lagoas que sempre encontram uma fenda para chegar ao mar. Os milhões de toneladas de plástico que flutuam nos mares chegam ao oceano todos os anos através dos rios, que são o principal canal de poluição para o mar, afirmam especialistas em meio ambiente. A Nova Acrópole, ciente da importância de contribuir para a prevenção da poluição da água e do mar, realizou no dia 12 de Outubro, a 4.ª ação de limpeza do seu troço de Rio Este adotado, no âmbito do Projeto Rios, com o objetivo de limpar o rio e sensibilizar os seus membros e voluntários e a comunidade em geral, para a importância de cuidar do meio ambiente, que é responsabilidade de todos, para impedir que a contaminação chegue ao mar. No mesmo dia foi realizada a ação de monitorização das características do ecossistema ribeirinho, na qual foram medidos vários parâmetros: o caudal do rio, o PH, a presença das espécies da flora e de macroinvertebrados. A Nova Acrópole agradece os esforços, tempo e compromisso dos voluntários que participaram nesta atividade, bem como dos seus parceiros e entidades que apoiaram, nomeadamente, Município de Braga, União de Freguesias Lomar e Arcos e Escuteiros de Lomar.

Veja todas as fotografias aqui.