A Nova Acrópole irá comemorar o Dia Mundial da Filosofia instituído pela UNESCO em todo o País, tendo como tema geral este ano “Filosofia e Voluntariado”

Página oficial da Nova Acrópole Portugal para o Dia Mundial da Filosofia 2018

Programa de actividades do Dia Mundial da Filosofia nos diferentes Centros da Nova Acrópole em Portugal

Com o apoio de:

Lisboa e Oeiras Cascais

15 de Novembro | Quinta-feira | Filosofia

Programa:

19h -Visita aos Paços do Concelho de Lisboa guiada pelo arquitecto Ezequiel Marinho

20h -Sessão comemorativa do Dia Mundial da Filosofia na Sala do Arquivo dos Paços do Conselho de Lisboa

Sessão Comemorativa, comunicações:

«Nova Acrópole como voluntariado»

Por José Carlos Fernández
Escritor, investigador e Director Nacional da Nova Acrópole

«O voluntariado como vocação natural do ser humano – do ervegetismo ao ubuntu»

Por Paulo Alexandre Loução
Escritor, investigador do Instituto Internacional Hermes

Dia 17/11 | Sábado | 9h a 13h

Coordenação pelo arquitecto paisagista Vítor Guerreiro da Silva

Local: Quinta dos Sete Castelos, Oeiras
Participação: livre mediante inscrição

Inscrições até dia 15/11 – Para se inscrever envie um email para:

Dia 18/11 | Domingo | 10h a 13h

Por Voluntários da Nova Acrópole

Inscrições até dia 16/11 – Para se inscrever envie um email para:

Ponto de encontro: Jardim do Príncipe Real.
Participação: Entrada livre mediante inscrição.

Braga

Colóquio de Filosofia e Voluntariado – Compromisso com a Vida

24 de Novembro | Sábado | 14h30 a 17h30

Local: Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

Todos os projetos de voluntariado da Nova Acrópole são projetos de ação filosófica, ou seja, ações movidas por valores e para promover valores. A filosofia, a busca (filo) e a aplicação da sabedoria (sophia), é um grande motor para ações mais conscientes, generosas e altruístas. Este colóquio vai abordar distintas formas de aplicar o voluntariado, nomeadamente em três áreas de ação nas quais a Nova Acrópole desenvolve os seus projetos: voluntariado Cultural, Social e Ambiental.

Conferência de abertura

FILOSOFIA E VOLUNTARIADO: EM BUSCA DE UMA UNIÃO COM A VIDA
Por José Carlos Fernández, Diretor da Nova Acrópole em Portugal

VOLUNTARIADO CULTURAL – COMPROMISSO COM O EU
Por Isabel Areias, Diretora da Nova Acrópole Famalicão

Confúcio dizia: “Os homens sabem que se querem que uma árvore cresça e viva, devem cuidar dela adequadamente. Mas quanto ao próprio Eu, não sabem cuidar dele adequadamente. Talvez amem menos o seu EU do que a árvore…”

O voluntário, ou seja, o Eu que age no voluntariado, não pode ser esquecido no processo. A cultura tem o poder de educar o espírito, de despertar para valores, de estimular a consciência a uma visão mais tolerante e altruísta. Aí residem as grandes causas dos problemas humanos, e por isso também as grandes soluções.

VOLUNTARIADO SOCIAL – COMPROMISSO COM O OUTRO
Por Severina Gonçalves, Investigadora na área da saúde, enfermeira e colaboradora do Instituto Internacional Hermes

O voluntariado social nasce da evidência de que vivemos em sociedade, ou seja, pertencemos – mais ou menos conscientes disso – a um conjunto humano que é um mosaico à maneira romana em que cada pequena tessela é diferente e interdependente das demais. Só juntas conseguem formar a unidade a que se destinam. Esta ideia apresentou-a Viktor Frankl ao explicar que a verdadeira natureza do Homem não é ser indiferenciado, igual. No entanto é na diferença que nasce o humano. Na diferença interna entre o que sou hoje e o que quero vir a ser, no que me esforço; na diferença entre a sociedade que reconheço e aquela que sonho e construo dia-a-dia…

A diferença e a (aparente) não diferença existem dentro e fora de nós. Existe sempre um eu e um tu, dentro e fora, visível e invisível. Qual queremos assumir? Com qual nos queremos comprometer? Com uma perspetiva que nos esmaga dizendo que somos mais um, substituível? Ou com aquela que nos considera autênticos, capazes de nos superarmos, de acrescentar significado, de fazer voar em conjunto com o outro?

VOLUNTARIADO AMBIENTAL – COMPROMISSO COM A NATUREZA
Por Paulo Alexandre Loução, Coordenador do Festival da Terra e Diretor da Nova Acrópole Oeiras-Cascais

Nós somos Natureza, somos parte integrante dessa infinidade de entes cósmicos que nos rodeiam e participam conjuntamente com a humanidade na grande aventura da vida. A Natureza é vida que se expressa através de leis mas também por sons, luz, cores, odores, formas, belezas irradiantes e sistemas ecológicos onde o uno e o diverso se ajustam. Na captação e vivência destas essências talvez possamos encontrar respostas para o actual problema ecológico e o ansiado reencontro dos humanos com a Natureza de que são parte integrante. Como dizia Lynn White o fundamental será uma nova atitude e cosmovisão que abra portas a um renovado sentimento de pertença à vida e ao universo, a uma ecologia profunda (deep ecology), à sabedoria da Mãe-Natureza, para isso, a necessidade premente de um voluntariado ecológico que promova a ligação com a Natureza, a unidade com a Natureza.

Porto

Quinta-feira, 15 de Novembro, 20h30 | Sede da Nova Acrópole Porto

Colóquio do Dia Mundial da Filosofia – VOLUNTARIADO E FILOSOFIA

José Antunes (moderador)
Director da Nova Acrópole do Porto

Coimbra

15 de Novembro | Quinta-feira | às 21h

Conferência do Dia Mundial da Filosofia – “Voluntariado Mundial: Filosofia e Desafios

Por FrançoiseTerseur
Filósofa e pintora