No passado dia 30 de Março, a Nova Acrópole, promoveu o seminário “Física Quântica – pontes entre a ciência e o ser humano”, com o apoio do Município de Braga e da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva. O evento iniciou com uma apresentação sobre a temática da física quântica e terminou com uma reflexão em torno das consequências ou analogia que se podem estabelecer com o ser humano. A apresentação iniciou por desconstruir alguns modos de pensar baseados em dogmas e na crença de a ciência ter o domínio exclusivo do saber, quando existem distintas vias, segundo a natureza humana, para se atingir a Sabedoria.

Posteriormente, passou a abordar a temática da física quântica, nomeadamente o seu significado e conceitos associados – átomo, fotões, níveis quânticos, espaço vazio, matéria; a dualidade onda-partícula; o entrelaçamento; o princípio da complementaridade; o gato de Schrödinger; o princípio da incerteza. No final estabeleceu uma ponte com o ser humano, particularmente, através dos princípios da incerteza e da complementaridade; da presença de ondas e partículas; da existência do entrelaçamento e da dependência do observador. No final da apresentação foi aberto o espaço de debate, que decorreu bastante participado, com questões e trocas de ideias de até que ponto os conhecimentos da física quântica nos podem ajudar a ir ao encontro de nós mesmos. Aqui fica um registo fotográfico do seminário, com um agradecimento a todos os que participaram e estiveram presentes.