Quando planeamos as “Noites Poéticas”, não imaginávamos o quanto a iniciativa seria acolhida… Parafraseando Gandhi: você nunca saberá que resultados virão da sua ação, mas se não fizer nada, não existirão resultados. Na Nova Acrópole não poderíamos estar mais gratos e reconhecidos a todos aqueles que, mesmo debaixo de frio e chuva, não se detiveram em nome da poesia e da paz, e embelezaram uma sala repleta de participantes de todas as idades e motivações. Foram promovidas reflexões, contadas histórias, recitados poemas e libertados pensamentos, pela paz, pela harmonia interior, por uma memória de Gandhi. Elevou-se assim a poesia e o impacto que pode gerar na nossa vida, no seio de um público atento, apaixonado, preparado com palavras no coração e poemas no bolso. Não poderia existir entusiasmo maior que aquele que o ser humano é capaz de expressar em conjunto, das mais diversas formas. E a reflectir o feedback obtido, estamos já todos cheios de júbilo para a próxima Noite Poética! Porque afinal, todos podemos ser Gandhi’s, todos somos gigantes!

Veja todas as fotografias aqui.